SOU LIVRE… LIVRE, LIVRE

Quero viver liberdade!
Mente limpa! Isenta!
Sombra da vulgaridade…
não! Fora! Oh…pestilenta!

E um grito de revolta,
estremece o meu ser…
sociedade…não suporta…
as diferenças do ver!

Pois fica ai sossegada!
Que eu de ti…nada quero!
Sou louca e desvairada?
Por ti? Não sou arrastada!

Já tentaste…não tentaste?
Envolveste-me…aos poucos…
mas a razão não levaste!

Pim, pam, pum cada bola mata um.
É o esconde …esconde…
e de fora… fica um (?)!


_____________________

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTO DE COMENTÁRIOS