Meio Século



Trago as mãos doridas

de carregar’o peso do que sou.

Trago os ombros vergados

de meio século vivido!

Trago o corpo transbordante

de achaques…de vícios e sem viço…

trago a cabeça carregada de sabedoria velha…

…desenganos…

trago-me a mim!

Apesar de todo o peso

carregado….

de mãos doridas

os ombros vergados

o corpo transbordante…

há espaço …

há força…

há alegria…

que não existia!

Na metade do Século

outros espaços

outras forças…

nasceram em mim!..................


___________________
* Escrevi isto rindo...passou pela minha cabeça introspectiva...que já tenho 50 anos...

8 comentários:

  1. Lindo poema, meio século é meio da vida...lá diz o poeta.
    Eu também já tenho essa idade.
    Um beijo
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  2. Sim,tens 50 anos!!!É verdade
    Mas, tens espirito de menina jovem,alegre e determinada.
    Me seduzes e surpreendes todos os dias.Um dia...nunca é igual ao anterior,melhora sempre!
    Beijos do teu marido que muito te ama

    ResponderEliminar
  3. Minha Querida
    Já passei por aí... vou um nadinha mais á frente! Lembro-me que fuz uma grande festa. Tinha motivos para isso. O BI muitas vezes não corresponde áquilo que somos que sentimos e pensamos... É uma arte saber envelhecer e, quando o espírito ajuda, acredita que trás tambem muitas e muitas vantagens.
    Parabens pelo meio século e que esta nova etapa seja vivida com determinação e alegria.
    Um beijo
    Graça

    ResponderEliminar
  4. O Pica Miolos a partir de hoje é o melhor remédio para todos os males.
    Aparece e RI!

    ResponderEliminar
  5. Minha querida
    Peço desculpa pois por motivos que não vêm ao caso,tive que alterar o blogue do PICAMIOLOS para O RANHOSO.
    Obrigado pela sua visita.
    O blogue ainda não está a funcionar devidamente.
    Penso que até ao fim de semana a coisa já estará a funcionar.
    Portanto,desculpe.

    O Ranhoso

    ResponderEliminar
  6. Também já a adicionei! =)

    ResponderEliminar
  7. Olá, lindo poema ao meio século. Também vou aderir. Beijos

    ResponderEliminar
  8. O peso não é apanágio (apenas) da idade. Nem é fatal... O suspiro de uma inspiração pode, de um momento para o outro, soprar todo esse peso que voa para fora de ti como a poeira que, na verdade, é.

    ResponderEliminar

GOSTO DE COMENTÁRIOS