DESENHANDO POESIA

Sonho co’ as palavras…

desenhadas’em quadras…

ou soltas no sentimento!

Cambiantes de emoção,

combinados de alma,

…riscos de sonho…

…traços de dor…

…alegrias em cor…

que não se esbatem co’a água

não se diluem co’óleo

nem s’ apagam com borracha…

não s’ apagam do papel…

nem tão pouco da memória!

Traçando incertos traços,

desenho a poesia…

mentindo às vezes,

criando ilusões…

p’ra enganar’o olhar,

Desenho a poesia,

Combinando palavras

de sentimentos.

Pinto-as de tons!

Trago na paleta,

amor, ódio… emoção!

alma, coração, paixão

alegria, tristeza calma

esquiços poéticos

misturados de sonho!

5 comentários:

  1. Margarida
    belisimo poema...as memórias nunca se apagam, por mais que nos façam doer.
    Lindo poema.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  2. Muitas vezes temos que pintar um poema, um sonho, com cores da esperança, para seguirmos em frente!
    Lindo e profundo!
    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. As palavras são a tela do poeta.
    Gostei de conhecer este seu espaço, prometo voltar com mais tempo.
    Um abraço
    Chris

    ResponderEliminar
  4. A Poesia, desenha-se conforme a alma que se tem... e tua, é luminosa!
    Beijo e bom fds
    Graça

    ResponderEliminar
  5. cores de poesia em palavras prenhas de ilusão
    obrigada pela visita. gostei de por aqui passar
    um beijo

    ResponderEliminar

GOSTO DE COMENTÁRIOS